UM EXERCÍCIO PARA CUIDARES DA TUA CRIANÇA INTERIOR

UM EXERCÍCIO PARA CUIDARES DA TUA CRIANÇA INTERIOR

Mesmo que lá atrás, na tua infância, as coisas possam não ter sido como gostarias, isso já é passado e hoje tens a capacidade de transformar e compensar a tua criança interior com o que sentes que ela merece. Como?

Procura uma foto da tua infância, se possível numa altura em que sentias que vivias um período mais complicado. Olha para ti (enquanto criança), bem nos teus olhos e procura perceber o que sentias e porquê.
Diz agora à tua criança que és adulta e estás aqui para lhe dar tudo aquilo que ela sentiu falta; para lhe dizer todas as palavras amorosas que ela merecia ouvir.

Provavelmente as faltas que a tua criança teve, são aquelas que ainda sentes hoje, seja em atos ou palavras… Pois bem, a responsabilidade de lhe dar, de te dar, agora é tua!

O que ela quis fazer e que não fez? O que queria ter e não teve? O que queria ouvir que não ouviu?

Faz isso por ti, faz isso por ela e sim, podes comprar aquele brinquedo que ela queria, podes ir ao parque infantil, é permitido sim brincares e elogiares-te!

Quando te negas estes prazeres da infância, é como se de alguma forma continuasses a perpetuar aquilo que aconteceu lá atrás.

Agora podes fazer diferente, agora podes fazer por ela… por ti!