GUIA PARA CONHECERES O TEU CICLO

GUIA PARA CONHECERES O TEU CICLO

SONY DSCJá ouvi várias mulheres a dizerem que sentem que são muito complicadas, que acordam bem dispostas e durante o dia podem ficar tristes ou vice-versa. Já ouvi mulheres a queixarem-se por terem menstruação, porque dá trabalho, porque dói ou porque incomoda. Talvez isto aconteça porque ao contrário das nossas antepassadas, hoje em dia não é transmitido à mulher os dons dos seu ciclo e como tirar partido deles. Não contaram às mulheres que o seu corpo é divino e que tal como a natureza, também este é feito de estações que nos fazem mudar. Talvez porque tenham ensinado às mulheres de hoje em dia que tudo o que diz respeito à natureza feminina essencial é incómodo e não deveria existir. A menstruação, a gravidez, a menopausa… Com estas crenças inseridas nos dias de hoje e as próprias mulheres a tomarem isto como verdade, nem se apercebem que ao fazê-lo estão a reprimir a sua natureza e a voltarem-se contra si mesmas, como se inconscientemente dissessem “eu não presto, sou incómoda, a minha natureza é chata e eu não quero isto para mim”.

O objetivo deste artigo é que te possas conhecer melhor na tua essência, conhecer o teu ciclo, a tua natureza e tirar partido de cada fase, sentindo-te naturalmente tu, respeitando o teu corpo e alma. Assim viverás feliz e plena no teu ser mulher. Amando, respeitando e abraçando a tua complexidade. Não importa se tens ou não útero, a natureza feminina vive em ti, és tu mesma. Por isso, cada mudança de estação está em cada mulher, independentemente do que lhe tenha acontecido. Se por algum motivo já não te puderes reger pelo teu útero, começa a conectar-te com os ciclos da lua, esses tornar-se-ão os teus ciclos!

Conhece-te, conhece a lua que em ti vive, tira partido de cada fase e vive mais inteira. Vive mais feliz!

Fase Menstrual /Lua Nova/Inverno

No inverno, os dias são mais pequenos e escuros, a natureza está despida, vazia, como se na terra nada acontecesse mas ao mesmo tempo ela se fosse preparando nas suas profundezas para a estação seguinte. Nesta altura sentimos vontade de maior aconchego e introspeção. Da mesma forma, é natural sentirmos que pouco ou nada nos apetece fazer, estarmos mais melancólicas, balanceando o que já se passou e projetando o que queremos que aconteça.

É natural sentirmos necessidade de estar apenas connosco mesmas, mais isoladas, sentir mais cansaço e sem vontade de fazer nada. É uma boa altura para aproveitarmos para nos compreendermos melhor, tal como à nossa vida e aos nosso desejos, sem qualquer expetativa. Se é isto que o corpo pede, então: Dorme mais. Define novas intenções positivas para ti para os próximos meses, medita e relaxa. Não procures forçar nada, principalmente a ti mesma. Aceita-te como és e tudo em teu redor, aproveita para desfrutar desses teus momentos de silêncio, de estares só contigo, para ler ou ver algo na tv que te interesse. Procura recolher-te, tal como tens vontade.

Esta fase está associada ao sangramento e inicia no primeiro dia da menstruação, até sensivelmente ao sexto dia.

Fase Pré-Ovulatória/Quarto Crescente/Primavera

Se pensarmos no que acontece na primavera, compreenderemos o que acontece connosco. Nesta estação, os dias sentem-se já um pouco maiores e de algum sol, as flores começam a desabrochar, as árvores a ter folhas, ouve-se já o cantar dos pássaros. Da mesma forma, começamos a sentir-nos com mais energia e vitalidade, com vontade de fazer mais atividades. Também no quarto crescente a lua já transmite luz às noites que antes eram escuras. Começamos e sentirmo-nos melhor connosco mesmas, com maior confiança, entusiasmo e alegria. Estamos mais criativas e com vontade de colocar planos em prática!

Como tirar partido desta fase? Toma a iniciativa e faz acontecer. Como te sentes mais confiante e ativa, podes arriscar e fazer algo novo ou fora do habitual. É uma boa fase para inícios, pois estás mais criativa e com vontade de aprender coisas novas. Aproveita esta fase para resolver desafios e coisas pendentes. Faz as coisas por ti mesma, assim vais sentir-te a avançar!

Esta fase habitualmente acontece entre os dias 7 e 13 do ciclo.

Fase Ovulatória/Lua Cheia/Verão

Estação de calor, de abertura, de bem estar e abundância, gostamos de estar rodeadas de pessoas, estamos mais sociais e voltadas para o mundo exterior. Estamos ativas sim, mas não com a mesma atividade do que na primavera. Por isso mesmo, porque nos apetece conviver e estar com quem gostamos, permitimos que as coisas possam fluir naturalmente e se nos lembrarmos da Lua Cheia, está tudo dito. Brilha por si mesma, pela sua existência com a sua presença sem passar indiferente. Assim estamos nós, irradiando a nossa luz natural para o mundo! É mais fácil sentirmo-nos mais felizes por sermos como somos. Aceitamos tudo com maior facilidade, criamos relações com os outros com maior vontade. Cuidamos melhor de nós mesmas, pois sentimos um maior equilíbrio emocional.

Como tirar partido desta fase? Aproveita para estar mais com os outros, com as pessoas de quem gostas e para conhecer outras novas, como também para trabalhar em equipa. Como estás mais positiva em relação a ti mesma e à vida, é uma boa altura de expressares quem és, como também para resolver situações desafiantes em relação aos outros. Como te sentes mais estável emocionalmente, consegues expressar-te de forma calma e ponderada, tendo em consideração a opinião do outro e cuidando das suas necessidades.

A fase ovulatória acontece em média entre os dias 14 e 21 do ciclo.

Fase Pré-Menstrual/Quarto-minguante/Outono

Chega o outono e as folhas começam a cair, os dias a ficar mais pequenos com o avançar da noite. É altura das últimas colheitas, os animais começam a recolher-se ou a migrar. Neste processo, da mesma forma, começamos a sentir o nosso ritmo a diminuir, com vontade de desenvolver menos atividades e de estarmos mais voltadas para o nosso mundo interno, naturalmente com vontade de dormir mais. Esta fase está associada à lunação de quarto minguante, em que a luz começa a recolher-se, como se se voltasse para ela mesma, convidando-nos a fazer o mesmo.

Sentimos o cansaço a tomar conta de nós mais vezes que o desejado, sentimos menos vontade de realizar as várias atividades, como também alguma instabilidade emocional. Estamos mais impacientes. Como estamos numa sociedade que exige muito de nós nos mais variados papéis, a nossa condição a nível físico e emocional nesta fase pode fazer sentir-nos frustradas e até algum desespero, pois ficamos com a sensação de que as coisas não estão a andar para a frente. Ao mesmo tempo, se soubermos respeitar e ouvir o nosso interior, perceberemos que é uma fase em que estamos não só mais sensíveis, mas também mais sensitivas. Com a nossa intuição mais apurada, podemos sentir-nos mais criativas e inspiradas!

Como lidar com esta fase? Não é agora que iniciamos novas atividades. Aqui fazemos balanços, reavaliamos. É importante ao longo do dia criar momentos de paz para ir equilibrando com o stress e não entrar em conflito contigo mesma, porque achas que deveria ser assim ou assado… Nesta fase, deixa fluir, ouve a tua intuição e criatividade e não dês atenção a pensamentos negativos! Aproveita para te mimares, teres atitudes de autocuidado e amor próprio. Está disposta a parar quando o teu corpo e alma pedir.

Esta fase ocorre em média entre o dia 21, até ao 1º dia do sangramento.

Como podes ver, somos mesmo cíclicas como a natureza. E como a lua, os nossos ciclos acontecem ao longo do ano, mas também ao longo do mês. Podem acontecer ao longo da semana ou até mesmo de um dia! É aqui que reside a tua verdadeira magia.

Sugiro-te que arranjes um diário e que vás registando como te sentes em cada fase do teu ciclo, que atividades desenvolves. Quando começares a conhecer-te melhor, tal como aos teus ciclos, vais sentir-te mais completa, encontrarás as tuas respostas e poderás tirar partido de cada fase, rentabilizando de acordo com o que o teu corpo e alma pedem! Aí sim, vais sentir-te melhor contigo mesma, amando todo o teu ser mulher, porque aprendes a fluir, tal como as marés.

Espero que tenhas gostado deste artigo e que se assim for, o partilhes com outras mulheres que acreditas que beneficiariam a si mesmas e à sua vida com este conhecimento. Vamos tornar Março mais belo ainda, amando e empoderando o nosso feminino. Este é o mês das #mulheresdealma.

Filipa Martinho – Consultas de desenvolvimento humano de carácter pessoal, orientação e aconselhamento via Skype. Cursos e workshops de autoconhecimento presenciais e online. Sabe mais aqui. Queres agendar uma consulta ou participar numa formação? Entra em contacto por aqui.

 

One thought on “GUIA PARA CONHECERES O TEU CICLO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s