FORMAS DE TE CONECTARES COM O TEU FEMININO

FORMAS DE TE CONECTARES COM O TEU FEMININO

SONY DSCAo longo de séculos temos vivido numa sociedade patriarcal em que ainda prevalecem os valores masculinos. Por este motivos compreendemos que enquanto mulheres continuamos numa busca pela justiça e igualdade social e nem nos apercebemos o quanto fomos adotando comportamentos e atitudes características desta sociedade. Comportamento esse que é útil para a sociedade porque se tornou uma fórmula que continua a submeter a mulher e a deter o seu poder pessoal num tipo de estratégia muito subtil. Por que motivos se procura levar a mulher à exaustão física, psíquica? Porque é que as mulheres desconfiam umas das outras? Porque é que procuram ser perfeitas nos mais diversos papéis? Porque é que se sentem constantemente imperfeitas em relação ao seu corpo e ao bem estar deste? Já procuraste observar que imagem é que a comunicação e redes sociais instituem sobre a mulher? São questões para pensar, observar e a estar atentas.

Obviamente temos de continuar a viver nesta sociedade, procurando ao melhor das nossas capacidades melhorar aquilo que já deveria fazer parte: os valores da mullher, a igualdade, a equidade. Não há como começarmos connosco mesmas, nessa conexão com o nosso feminino instintivo, com a nossa essência que – apesar de até poder fazer parte -, vai muito mais além do vestir saias, usar salto e maquilhagem. Atenção, eu gosto de tudo isso, mas conectarmo-nos connosco mesmas é fundamental não só para a nossa saúde mental e emocional, mas também física.

Espero que gostes destas sugestões, as tuas serão obviamente muito bem-vindas!

A noite e os banhos de lua

Desde os primórdios que a mulher se sente conectada com a lua, o que é natural. Afinal, tal como a mulher, a lua é ciclica, tem quatro faces, tal como as quatro fases dos ciclos menstruais e cada ciclo da lua se conecta com cada mulher. Daí em cada fase nos sentirmos influenciadas por ela. É por isso que é importante para a mulher, como eu costumo dizer, tomar banhos de lua. Não são como os banhos de sol. Neste caso, basta sentir o silêncio da noite, aquele momento em que todos já se foram deitar e simplesmente olhar para a lua, senti-la. Bastam alguns minutos por dia, num momento só teu. É interessante também começares a registar em que altura do teu ciclo estás, qual a fase da lua que lhe corresponde e como te sentes. Vais conectar com a tua essência e conhecer-te melhor.

A natureza e os 4 elementos

A natureza é feminina, sabias? E como feminina, é ciclica (4 estações com 4 elementos). Por semana, tira momentos para ti e vai para a natureza. Descalça-te, sente a terra debaixo dos teus pés, sente a brisa. Se tiveres oportunidade, molha os pés num lago, riacho, mar ou podes passear à chuva. Sente o calor do sol. Sim, também podes procurar ter um pequeno altar em casa, com uma vela (fogo), incenso (ar), uma taça com água (água) e uma pequena planta (terra). Podes tirar uns minutos do teu dia para fazer respirações profundas junto desse teu altar pessoal, para relaxares o teu corpo, a tua mente, para teres o teu momento.

Expressão criativa

A expressão criativa está associada à conexão com o corpo e assim à conexão com a alma. Temos vindo a automatizar tanto as nossas rotinas e de forma tão mental que nos desconectamos da voz nosso corpo, da sua expressividade que nos permite ouvir a nossa alma. Qualquer expressão de arte manual ou plástica, algo que te dê prazer… No fundo, qualquer atividade que estimule a nossa expressão criativa que no momento em que nada ouvimos, dê espaço à nossa sabedoria interior e à nossa intuição. Tal como faziam as nossas avós que sem metade das experiências que nós já vivemos, tinham um conhecimento interior incrível!

Estar com outras mulheres e respeitar e honrar outras mulheres

Mas desta vez não para se distraírem numa noite de copos, desta vez não para fazer jus ao que diz a sociedade: que falamos mal umas das outras, que não nos queremos bem. Desta vez para estarmos. Para partilharmos o que nos vai na alma. Para ver o que sobre mim eu vejo noutra como eu! Sororidade: é este o novo conceito que empodera as mulheres enquanto grupo que se apoia e entreajuda. No fundo, mulheres que crescem e evoluem juntas, que se apoiam e dizem “não estás só”! Falar mal? Como podemos falar mal de alguém do mesmo género sem que ao mesmo tempo não o estejamos a fazer a nós mesmas? Afinal, se eu falo mal de uma mulher, talvez eu não me esteja a lembrar que eu mesma sou mulher e quando ofendo uma, ofendo-me a mim mesma. Da mesma forma, quando apoio outra mulher, apoio-me a mim mesma!

Meditação Coração-Útero

Ao acordares ou antes de ires dormir, coloca uma mão no coração e outra sobre o teu útero (não importa se ainda tens ou não útero, a energia está lá). Começa por respirar fundo e procura sentir essa conexão de seres mulher, conectares-te com os teus órgãos femininos internos fortalece-te, faz-te sentir consciente de ti mesma e amada por ti!

Introspeção

A mulher precisa de momentos só dela mesma, de estar com ela mesma, de se conhecer a cada momento, de integrar cada tomada de consciência, cada ciclo da sua vida. Quantas vezes não anseias por estares só contigo? Às vezes até utilizas a expressão “apetecia-me desaparecer”! Porque precisas estar só contigo, é apenas isso. Os teus ritmos e ciclos hormonais refletem-se nas tuas emoções e no teu dia a dia. É importante tirares alguns momentos só para ti.

Estima por ti mesma

Cuida a mulher que há em ti e respeita o que ela te pede. A voz interior que fala contigo e que sabe quem és, o que precisas e que te orienta. Ouve-a e deixa-te levar. Quanto mais tiveres atenção a essa tua voz, mais vais conseguir ouvi-la. Com certeza já te aconteceu dizeres: “Eu bem sabia e fiz o contrário”. Percebeste que a tua intuição falou contigo, mas que no momento não a compreendeste e fizeste o contrário! Não te preocupes, ainda vais a tempo. A intuição é o melhor legado que aquelas que vieram antes de ti te deixaram. Aceita e aproveita esta tua bússola interior!

Ao longo deste mês falaremos muito mais sobre este assunto, vamos tornar Março mais belo ainda, amando e empoderando o nosso feminino. Este é o mês das #mulheresdealma. Comenta, partilha, vamos falar!

Workshop Online Bem Me Quer, Mal Me Quer dia 8 de Março, sabe mais aquiConsulta Ser Mulher, sabe mais aqui.

Filipa Martinho – Consultas de desenvolvimento humano de carácter pessoal, orientação e aconselhamento via Skype. Cursos e workshops de autoconhecimento presenciais e online. Sabe mais aqui. Queres agendar uma consulta ou participar numa formação? Entra em contacto por aqui.

2 thoughts on “FORMAS DE TE CONECTARES COM O TEU FEMININO

  1. Sou homem, mesmo assim não tenho pudor algum em concordar em género e grau com o seu maravilhoso texto, há muito tempo que que o defendo. Seja na igualdade de direitos seja no assumir do verdadeiro papel de mulher na sociedade, como garante de valores e padrões absolutos de justiça social. Parabens!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s