4 FORMAS DE GANHARES ESPAÇO NA TUA VIDA

4 FORMAS DE GANHARES ESPAÇO NA TUA VIDA

SONY DSC

Habitualmente a nossa prática é focarmo-nos nos que desejamos, nos sonhos, nos objetivos, no que queremos manifestar na nossa vida, seja a nível físico, mental ou emocional. Talvez não nos apercebamos é que, como eu costumo dizer, para que algo novo caiba no armário, é preciso que o velho possa sair e, assim, possamos ganhar espaço. Efetivamente somos bons a amealhar mas para que não transbordemos a nossa capacidade máxima, é saudável podermos libertar o que um dia fez parte de nós mas não faz mais sentido. Isso aplica-se a pessoas, coisas, ideologias, crenças, emoções, formas de pensar e rotinas. Libertar a mente e a nossa vida daquilo que não interessa é como quem vai deitar o lixo fora. Afinal, para quê acumular o que não nos faz bem?

Estas dicas são para que te possas lembrar do que procuras esquecer, tal como aquelas gavetas lá de casa cheias de coisas mas que evitamos limpar porque não apetece e dá trabalho. No entanto, não deixam de ocupar espaço.

Arrumar a vida

Arruma o teu entorno. Seja o teu escritório, a tua carteira, a tua casa, uma gaveta ou armário e enquanto o fazes, imagina as coisas que também tens de arrumar na tua vida. Não te prendas ao que já não usas. Deita fora, doa, liberta, ganha espaço. A nossa resistência em eliminar objetos, espelha a nossa dificuldade em eliminar obstáculos da nossa vida e bloqueia o novo.

Lista o que desejas mas para que isso aconteça, lista o que vais libertar

Como se fosse uma troca “eu desejo paz na minha vida e por isso liberto pessoas que não me fazem bem”, por exemplo. Claro que é importante focares-te no que queres, mas o que é que já não queres? Compreende que se procurares trazer algo novo para ti sem resolver o velho, dentro de pouco tempo tudo estará igual, uma confusão, tal como a gaveta que não é despejada e em que vais colocando mais e mais coisas.

Abre mão daquilo que sabes que está no momento de partir

Imagina que estás a agarrar uma corda que te liga a algo e está no momento de a soltares, mas tu agarras com mais força e o que está do outro lado da corda estica e tu agarras com mais força. Por algum motivo não queres soltar, desgastas-te, as mãos ferem, vais ficando sem força e energia. Para quê? Lembra-te que tudo é passageiro, a vida é cíclica, há chegadas e partidas, entradas e saídas. Se chegou o momento de deixar ir, para quê agarrar? Se é o momento de deixar ir, é porque algo novo está para chegar. Por isso, liberta e confia!

Problema é para ser resolvido, não para ser estimado

Recentemente vi um cartoon engraçadíssimo em que um dos bonecos perguntava ao outro o que é que ele tinha junto a ele, ao que o outro responde “um problema”! O primeiro questiona se os problemas não são para ser resolvidos, ao que o segundo afirma: “pois é, mas eu afeiçoei-me a ele”!

Será que às vezes a nossa vida está com tão pouco sentido que aproveitamos os problemas para fazer deles bichos de estimação? Será que acreditamos que assim a vida tem mais emoção? O problema é apenas um desafio. Se existe é para ser ultrapassado, para podermos perceber o que aprendemos, para evoluirmos com ele e, um dia, até quem sabe rirmo-nos disso. Este desafio é para nos transmitir experiência e não para se tornar o nosso propósito de vida.

Como há muito tempo aprendi: O problema tem solução? Resolve-se! Não tem? Resolvido está! Para quê viver disso e com isso, ocupando tempo e energia da nossa vida que poderia estar alocada ao que nos faz realmente sentido? Resolve e deixa ir, ganha espaço na tua vida para o que ela tem para ti.

Espero que gostes destas dicas. Aproveita para partilhar, comentar ou até dar mais dicas. Arruma a tua vida e ganha espaço para o que te faz feliz! Este artigo lembrou-me esta música, ouve aqui.

Workshop Online Bem me Quer, Mal Me Quer dia 8 de Março, sabe mais aqui.

Filipa Martinho – Consultas de desenvolvimento humano de carácter pessoal, orientação e aconselhamento via Skype. Cursos e workshops de autoconhecimento presenciais e online. Sabe mais aqui. Queres agendar uma consulta ou participar numa formação? Entra em contacto por aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s