HIGIENE FEMININA

HIGIENE FEMININA

4ff9d0_6aa9c17f91054415af558db0227ddd3b-mv2_d_4592_3056_s_4_2.jpgA natureza cíclica feminina faz com que sejamos menstruadas naturalmente todos os meses e, por isso, todos os meses à partida utilizamos pensos higiénicos e tampões. Muitas de nós inclusive utilizam diariamente o pensinho diário e, muito provavelmente, talvez ainda não nos tenhamos questionado sobre os componentes dos pensos higiénicos que usamos regularmente. O facto é que estudos realizados recentemente comprovam que várias marcas de pensos higiénicos e tampões, algumas delas bem conhecidas em Portugal, contêm resíduos “potencialmente perigosos”, como dioxinas e agroquímicos e também glifosato, um herbicida associado a casos de cancro. Podemos por isso imaginar quais serão as consequências negativas que nos podem causar a longo prazo após tantos anos de utilização.

Felizmente já conseguimos encontrar alternativas mais naturais, tampões e pensos higiénicos feitos de algodão 100% biológico, sem plástico ou perfume e ainda por cima biodegradáveis, não prejudicando o meio ambiente.

A Organii oferece a marca Organyce e o Celeiro a Natracare, ambas com opções de pensos higiénicos para vários tipos de fluxo. Também há tampões. Obviamente são marcas que aconselho por já ter experimentado. No entanto, e como cada mulher é uma mulher e este é um aspeto íntimo, aconselho-vos a experimentarem, pois só assim vão saber como se sentem. O valor de uma embalagem ronda o habitual, entre os 3€ e os 5€.

Uma outra solução económica, ecológica, segura e eficaz é o Copo Menstrual. Comecei a utilizar há uns 3 anos, na altura havia poucas marcas, hoje em dia há várias, com cores e formas ligeiramente distintas, mas cujo objetivo é o mesmo e funciona muito bem. Económico porque tem uma duração em média de 10 anos e poupas muito em pensos higiénicos e tampões. Ecológico, porque dada a sua durabilidade, utilizamos muito menos pensos e tampões, por isso menos desperdício. Seguro e eficaz porque ficas despreocupada ao longo do dia, visto que podes utilizá-lo até 12h! Além disso, permite que possas olhar para a tua menstruação e perceber se está tudo bem contigo e com o teu sistema reprodutor, pois poderás avaliar a cor, a quantidade, a textura e liquidez do teu fluxo. Ou seja, poderás conhecer-te melhor!

Sei que algumas mulheres são ainda algo resistentes a esta opção, mas eu creio que será até experimentarem… aí todas as dúvidas se dissipam, porque vale realmente a pena! O meu já tem quase 4 anos e ainda o utilizo até hoje e assim continuarei, basta seguir as indicações que vêm na caixa para uma boa utilização e manutenção e o teu copinho dura anos! Tem apenas um cuidado, compra em lugares que te transmitam confiança, como ervanárias ou farmácias, pois como em quase tudo, tive conhecimento recentemente que havia já cópias feitas na china e com materiais de má qualidade. Não facilites, é a tua saúde feminina que está em causa. Em média um copo menstrual pode custar até 30€. Caro? Divide este valor por 10 anos e depois por mês… uma média de 0,25€ mês! Incrivelmente barato, não é? Existem normalmente 2 tamanhos, quando fores a adquirir o teu copo menstrual lê na caixa qual se adequará melhor a ti.

Na Organii poderás encontrar a marca “MoonCup”, no Celeiro as marcas “Lunnete”, esta apresenta copos de várias cores, é só escolher, e a “Easy Cup”, esta marca é portuguesa, por isso mais um ponto a favor.

Se conheceres outras marcas e opções no mercado, partilha, como também a tua experiência e opinião. Sugestões e comentários são sempre bem-vindos! Espero que este artigo te seja muito útil.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s