5 DICAS DE AMOR PRÓPRIO

5 DICAS DE AMOR PRÓPRIO

DSC02279x.jpg

Sim, nunca são suficientes. Podem ser sempre mais, porque podemos a cada dia gostar sempre um pouco mais de nós do que no dia anterior… E esse é o propósito!

1 – Respeita-te

Não podes querer que os outros o façam se tu não o fizeres primeiro! O respeito por nós mesmas é algo tão básico e essencial mas que ao mesmo tempo se ultrapassa com tanta facilidade… quantas vezes deixamos que nos faltem ao respeito e faltamos ao respeito a nós mesmas e isso acontece precisamente porque o permitimos?

O respeito é uma condição essencial ao ser humano, respeitares-te é sinal de amor próprio. Estabelece as tua próprias regras e vive-as, respeita-te a ti e à tua vida!

2- Coloca-te em primeiro lugar

Não, não é egoísmo, é valor pessoal! Quantas vezes fazes ou fizeste coisas pelos outros, colocando-te em último plano e isso te prejudicou? Para apoiares e ajudares alguém, só o podes fazer se tu, em primeiro lugar, estiveres bem e te sentires bem. Aí sim, darás apoio de qualidade. Saber que ao fazeres isso, te estás a valorizar, torna este exercício mais fácil.

3 – Elogia-te

Fazemos tantos pequenos auto insultos no dia a dia “sou parva; que estupida fui; que palerma sou…” sem nos apercebermos que estes são pequenos maus tratos a nós mesmas. Se pensarmos na possibilidade de nos elogiarmos “sou maravilhosa; fui fantástica; estou linda…”, achamos que estará alguém a sentenciar-nos e a chamar-nos convencidas! Curioso, quando nos insultamos ninguém diz nada, pelo contrário, se for preciso até apoiam. Já o elogio é mal visto. Sabes que mais? Elogia-te, elogia-te muito, isso reflete o amor e o valor por ti mesma, se te importas se te vão chamar convencida… isso é outro problema que tens de resolver. Auto elogio precisa-se! Convencida? Pois sou, sei o valor que tenho e mereço elogiar-me, sem esperar que seja outro a fazê-lo.

4 – Coloca limites

Ter limites bem estabelecidos é fundamental, pois evita abuso da nossa parte e da parte dos outros. O teu coração sabe bem onde colocar as fronteiras saudáveis, que mantêm o teu bem-estar e equilíbrio.

5 – Diz não mais vezes

Inicialmente é um desafio, principalmente quando dissemos sim demasiadas vezes, mas algo que aprendi é que quando não dizemos que não aos outros, estamos a dizer “não” a nós mesmas, estamos a colocar-nos no final da lista de prioridades em prol de tudo e de todos. Se isso nos vai trazer alguma compensação ou reconhecimento? Claro que não, muito pelo contrário! Diz não de consciência tranquila, sabendo que quando o fazes estás a ser fiel a ti própria… a reação dos outros? Pois, é um problema deles!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s