O TEMPO E O HUMOR

O TEMPO E O HUMOR

SONY DSCNum dos últimos workshops de constelações familiares, em âmbito de conversa, uma simpática participante partilhava, num tom algo sério, que já tinha feito muitas asneiras na vida, que já tinha “aprontado” muito, referia isto sem entrar em detalhes mas como se, de alguma forma, aquilo que uma vez fez ainda tivesse um certo peso em si. “Não há nada que o tempo não resolva com humor” disse-lhe eu! Amor também, mas eu referia-me mesmo a humor!

Quem nunca passou por uma situação algo incómoda, ou tenha feito algo que não correu bem e que soubemos ter sido uma grande asneira? No momento em que acontece, a piada não é nenhuma. Sentimos, antes, arrependimento, culpa e não conseguimos ver nada de positivo, “metemos o pé na argola” e ups, já foste e sem querer até envolvemos outros.

A verdade é que no momento em que acontece, seja pelas emoções, pela conjuntura do momento, os pensamentos em si ou as pessoas envolvidas, só vemos o lado escuro da coisa mas com a distância do tempo – às vezes passam anos -, começamos a ver esse drama com alguma comédia, de forma menos nublada e, muitas das vezes, chega ao ponto em que nos rimos às gargalhadas. Ao mesmo tempo também vemos situação em causa a partir da experiência que fomos ganhando e compreendemos que o que aconteceu ou o que fizemos na altura, foi o melhor que podia ter acontecido. No fundo, serão essas histórias bizarras que lá para os 70 e muitos farão parte das nossas memórias mais apetecíveis. É com estas histórias que aprendemos a rir de nós mesmas e essa é a maior demonstração de amor próprio, compaixão e compreensão que podemos ter para connosco!

É nestes momentos que percebemos que o humor é o melhor analgésico, que nos permite ver o quanto fomos capazes de ultrapassar determinadas adversidades levando no coração a esperança de “um dia ainda me vou rir de tudo isto” e esse dia acontece, mostrando-te o quanto os dons da humildade e resiliência vivem dentro de ti. Do quanto a tua força interior é bem maior do que o que imaginavas. Do quanto a tua capacidade de superação excedeu as tuas expectativas e o teu amor por ti própria atingiu o êxtase e, por isso, podes rir de ti com alegria e doçura sabendo que não te menosprezas mas, antes, te respeitas trazendo a sabedoria do que viveste e aprendeste nessa gargalhada que te vibra no corpo e goza na alma!

Por isso, ri. Da vida, das experiências, de ti mesma. Ri e desfruta da sabedoria que ainda terás, ri no final da história mas também durante. Ri porque a alegria que em ti vive hoje, é aquela que te acalentará amanhã, pois não há nada que não possa ser visto de uma forma positiva e, principalmente, não há nada que o tempo não cure com humor!

One thought on “O TEMPO E O HUMOR

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s